quinta-feira, 25 de dezembro de 2008

CULINÁRIA: NATAL EM PEQUENOS DETALHES






Este é parte do resultado de 22hs de paciência, criatividade e carinho, tão prazeroso de fazer, que nem chamo de trabalho. Sempre ouvi dizer que primeiro "a gente come com os olhos", e é verdade. A salada de batatas, ganhou uma "árvore natalina" feita com um galho de manjericão, tomate cereja e azeitona preta. O laço foi feito com casca de tomate e tem um segredo que vou ensinar para vocês depois. O bolo vocês já conhecem, é o Brigadeiro com Morango, com uma decoração um pouco diferente daquele que eu tinha feito antes, e uma estrela "emprestada" da árvore de Natal. E por último, o Empadão de Camarão, que ganhou nota 1.000, e foi aplaudido em pé. Não lembro se já passei esta receita para vocês. Bom, estou muito cansada, vou dormir agora, e provavelmente só acordo amanhã. Tem muita novidade vindo por aí! Muita paz e saúde, e não se esqueçam das pessoas que estão desabrigadas pela chuva!

domingo, 14 de dezembro de 2008

TRICÔ: PONTO ABERTO 13

Número de pontos divisível por 11+4.
1ª carreira: 1 meia, 1 laçada, 2 juntos em tricô, 1 meia, * 1 tricô, 2 meia, 1 laçada, 1 mate, 1 meia, 1 tricô, 1 meia, 1 laçada, 2 juntos em tricô, 1 meia *.
2ª carreira: 1 meia, 1 laçada, 2 juntos em tricô, * 2 meia, 5 tricô, 2 meia, 1 laçada, 2 juntos em tricô *, terminar com 1 meia.
3ª carreira: 1 meia, 1 laçada, 2 juntos em tricô, 1 meia, * 1 tricô, 1 meia, 1 laçada, 1 mate duplo, 1 laçada, 1 meia, 1 tricô, 1 meia, 1 laçada, 2 juntos em tricô, 1 meia *.
4ª carreira: repetir a 2ª carreira.
5ª carreira: repetir a 1ª carreira.
6ª carreira: repetir a 2ª carreira.
7ª carreira: 1 meia, 1 laçada, 2 juntos em tricô, 1 meia, * 1 tricô, 5 meia, 1 tricô, 1 meia, 1 laçada, 2 juntos em tricô, 1 meia *.
8ªcarreira: repetir a 2ª carreira.
Voltar à primeira carreira.
Amostra feita com lã Mollet da Círculo na cor 0318.

TRICÔ: TRANÇA 04

Número de pontos divisível por 8 (mínimo de 16).
Legenda:
A = colocar 2 pontos em uma agulha auxiliar na frente do trabalho, fazer o próximo ponto em tricô, retomar os 2 pontos suspensos e fazê-los em meia.
B = colocar 1 ponto em uma agulha auxiliar atrás do trabalho, fazer os próximos 2 pontos em meia, retomar o ponto suspenso e fazê-lo em tricô.
C = colocar 2 pontos em uma agulha auxiliar na frente do trabalho, fazer os próximos 2 pontos em meia, retomar os 2 pontos suspensos e fazê-los em meia.
D = colocar 2 pontos em uma agulha auxiliar atrás do trabalho, fazer os próximos 2 pontos em meia, retomar os 2 pontos suspensos e fazê-los em meia.
1ª carreira: 1 tricô, * A, B, 2 tricô *, terminar com 1 tricô.
2ª carreira: 2 meia, * 4 tricô, 4 meia *, terminar com 2 meia.
3ª carreira: 2 tricô, * C, 4 tricô *, terminar com 2 tricô.
4ª carreira: repetir a 2ª carreira.
5ª carreira: 1 tricô, * B, A, 2 tricô *, terminar com 1 tricô.
6ª carreira: 1 meia, * 2 tricô, 2 meia *, terminar com 1 meia.
7ª carreira: repetir a 1ª carreira.
8ª carreira: repetir a 2ª carreira.
9ª carreira: repetir a 3ª carreira.
10ª carreira: repetir a 4ª carreira.
11ª carreira: repetir a 5ª carreira.
12ª carreira: repetir a 6ª carreira.
13ª carreira: * B, 2 tricô, A *.
14ª carreira: 2 tricô, * 4 meia, 4 tricô*, terminar com 2 tricô.
15ª carreira: 2 meia, * 4 tricô, D *, terminar com 2 meia.
16ª carreira: repetir a 14ª carreira.
17ª carreira: 2 meia, 3 tricô, * B, A, 2 tricô *, terminar com 1 tricô, 2 meia.
18ª carreira: 2 tricô, 3 meia, * 2 tricô, 2 meia *, terminar com 1 meia, 2 tricô.
19ª carreira: 2 meia, 3 tricô, * A, B, 2 tricô *, terminar com 1 tricô, 2 meia.
20ª carreira: repetir a 14ª carreira.
21ª carreira: repetir a 15ª carreira.
22ª carreira: repetir a 14ª carreira.
23ª carreira: * A, 2 tricô, B *.
24ª carreira: repetir a 6ª carreira.
Voltar à 1ª carreira.
Amostra feita com lã Mollet da Círculo na cor 0541.

TRICÔ: PONTO EM RELÊVO 01

Número de pontos divisível por 6+5.
1ª carreira: 1 meia, 3 tricô, * com o fio na frente do trabalho passe 3 pontos sem fazer, 3 tricô *, terminar com 1 meia.
2ª carreira: 1 tricô, 3 meia, * com o fio atrás do trabalho passe 3 pontos sem fazer, 3 meia *, terminar com 1 tricô.
3ª carreira: 1 meia, 3 tricô, * 3 meia, 3 tricô *, terminar com 1 meia.
4ª carreira: 1 tricô, 3 meia, * 3 tricô, 3 meia *, terminar com 1 tricô.
5ª carreira: 5 meia, * tricotar os 2 fios soltos junto com o próximo ponto, em meia *, 5 meia.
6ª carreira: repetir a 3ª carreira.
7ª carreira: 1 tricô, * com o fio na frente do trabalho passe 3 pontos sem fazer, 3 tricô *, terminar com 1 tricô.
8ª carreira: 1 meia, * com o fio atrás do trabalho passe 3 pontos sem fazer, 3 meia *, terminar com 1 meia.
9ª carreira: repetir a 4ª carreira.
10ª carreira: repetir a 3ª carreira.
11ª carreira: 2 meia, * tricotar os 2 fios soltos junto com o próximo ponto, em meia, 5 meia *, terminar com 2 meia.
12ª carreira: repetir a 4ª carreira.
Voltar à 1ª carreira.
Amostra feita com lã Mollet da Círculo na cor 0769.

quinta-feira, 11 de dezembro de 2008

TRICÔ: PULSEIRA OU FAIXA PARA CABELO, INVENTE A SUA!

Eu usei a linha Neoné da Pingouin, e a agulha é tão antiga que nem dá prá saber o número, mas tem espessura compatível com a linha. Eu coloquei 5 pontos na agulha e tricotei as 5 primeiras carreiras em tricô. Aí é a hora de escolher o ponto, para ver quantos pontos vai ser necessário aumentar. Por exemplo, eu escolhi o Ponto Aberto 02 para fazer esta pulseira, e para fazer este ponto são necessários 13 pontos na agulha, mais 3 pontos de borda de cada lado, isto é: 3+13+3=19. Então o próximo passo para vocês, é dar uma olhada na minha coleção de pontos (meia e tricô, aberto, trança), escolher o preferido, ver quantos pontos são necessários para fazê-lo, mais os pontos de borda. Continuando:
6ª carreira: 1 tricô, 1 laçada, 3 tricô. 1 laçada, 1 tricô.
7ª carreira: tricô.
8ª carreira: 1 tricô, 1 laçada, 5 tricô, 1 laçada, 1 tricô.
9ª carreira: tricô.
10ª carreira: 1 tricô, 1 laçada, 7 tricô, 1 laçada, 1 tricô.
E continua assim, até chegar no número de pontos que você precisa. Não esqueça dos 3 pontos de borda de cada lado. Então você vai tricotar o ponto escolhido, até dar o comprimento desejado para a pulseira ou faixa de cabelo. Aí é hora de diminuir os pontos:
1 tricô, 2 juntos, *tricô*, 2 juntos, 1 tricô.
tricô.
1 tricô, 2 juntos, *tricô*, 2 juntos, 1 tricô.
Continuando assim até chegar em 5 pontos novamente.
Pregue 1 botão em uma das pontas, e aproveite o fio do arremate para fazer a casinha do botão (também pode ser correntinhas de crochê, como na foto).
Alguém entendeu alguma coisa?

CULINÁRIA: PAVÊ DE CÔCO E ABACAXI

Ingredientes:
1 pacote de biscoito tipo champagne
1 lata de leite condensado
2 gemas peneiradas
1 colher (sopa) de manteiga ou margarina
1 vidro de leite de coco
1 pacote de coco ralado
1 caixa de creme de leite
1 lata de abacaxi em calda
Preparo:
Numa uma panela, coloque o leite condensado, as gemas, a manteiga, o leite de coco e o coco ralado. Leve ao fogo baixo, sem parar de mexer, até formar um creme espesso. Retire do fogo, acrescente o creme de leite, misture bem, e leve à geladeira. Enquanto isso, coloque metade do biscoito em uma forma, e molhe com a calda do abacaxi. Não coloque calda demais, senão o biscoito desmancha. Sobre o biscoito, coloque metade do creme. Sobre o creme, o abacaxi picado (reserve algumas fatias para decorar). Faça mais uma camada de biscoito, molhe com a calda, a outra metade do creme. Enfeite com as fatias de abacaxi. Leve à geladeira por algumas horas antes de servir. O ideal é preparar um dia antes de servir.
Sobre a receita:
Criei esta receita ontem, buscando uma alternativa diferente de sobremesa para o Natal. Se você tiver cerejas em calda, pode usar na decoração, e até colocar no recheio, junto com o abacaxi picado.

CULINÁRIA: PÃO INTEGRAL

Ingredientes:
1/2 xícara de leite
1/2 xícara de água
1 1/2 colher (sopa) de manteiga
1/2 colher (sopa) de sal
1 tablete (15g) de fermento biológico para pão
1/2 colher (chá) de açúcar
1/4 de xícara de água morna
1 1/2 colher (sopa) de glucose de milho (Karo)
2 1/2 xícaras + 1 colher (sopa) de farinha de trigo integral
1/2 xícara + 1 colher (sopa) de farinha de trigo branca
manteiga para untar
Preparo:
Numa panela, coloque o leite, a água, a manteiga e o sal, e leve ao fogo brando somente para aquecer e derreter a manteiga. Não deixe ferver. Passe para uma tigela grande e deixe esfriar.
Em outra tigela, coloque o fermento e o açúcar. Junte a água morna (quase fria), misture, cubra com um pano e deixe descansar em lugar protegido do frio até a mistura espumar (cerca de 20 minutos). Junte à primeira mistura e acrescente também a glucose de milho, e aos poucos a farinha integral intercalada com a farinha branca. Amasse bem até que a massa fique bem lisa, homogênea e solte das mãos. Faça uma bola e coloque em uma tigela, cobrindo com filme plástico e um pano, e deixe descansar até dobrar de tamanho (cerca de 1 hora e 30 minutos.
Coloque a massa em uma forma para pão, untada com manteiga, e deixe descansar por mais 30 minutos (coberta). Enquanto isso aqueça o forno em temperatura alta (220º). Coloque o pão para assar nesta temperatura por 10 minutos. Reduza a temperatura para média (180º), e continue assando por cerca de 20 minutos. O segredo para saber se o pão já está assado, é: bata no pão, se produzir um som "oco", está pronto.
Origem da receita: Revista Cozinha Criativa.